2012

Mesmo com o infeliz resultado anterior, 2012 foi um ano de renovação na equipe. A grande alteração no regulamento exigia que as aeronaves utilizassem madeira como carga útil. Visando aprimorar o projeto, novos estudos foram realizados, assim como a adoção de novos materiais e recursos computacionais de otimização e simulação numérica, visando torná-la mais competitiva para a XIV Competição SAE BRASIL AeroDesign que se realizaria em outubro deste ano. Desse modo, com uma nova configuração da aeronave e novos colaboradores, porém com o trabalho em equipe, auxiliado por integrantes mais experientes, todos dispostos a reverter o ruim resultado anterior, a equipe Trem ki Voa voltou a ficar entre as dez melhores da categoria Regular, alcançando a 8ª posição. Grande destaque para a asa para-sol e a carga em madeia mdf.